Notícias

As principais alterações da Reforma Trabalhista

POLITICA | 12/07/2017 10h 26min

Cercada de polêmicas, mas aprovada no Senado por 50 votos a 26, a Reforma Trabalhista irá alterar mais de 200 pontos da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT). O texto, depois de passar pelo Congresso, segue para a sanção do presidente Michel Temer antes de começar a valer. Um acordo entre senadores e o Palácio do Planalto prevê alguns vetos e mudanças por meio de medida provisória, para que o projeto não tenha que voltar à Câmara dos Deputados.

A reforma é a mais ampla alteração já realizada na CLT. Modifica cerca de 200 dispositivos e derruba súmulas do TST.

Confira os principais pontos sobre o que muda com a reforma:

- Permite que acordos sindicais tenham prevalência sobre a legislação;

- Amplia a terceirização, alcançando a atividade-fim (atividade principal do estabelecimento);

- Cria novos tipos de contratos de trabalho, entre eles o trabalho intermitente;

- Amplia a possibilidade de acordos individuais, entre eles a possibilidade de jornada de 12 horas por 36 horas de descanso e redução de intervalo intrajornada;

- Prevê banco de horas para compensação de horas extras, sem necessidade de acordo coletivo;

- Dificulta e encarece o acesso do trabalhador à Justiça do Trabalho;

- Acaba com o pagamento das horas de deslocamento;

- Exclui a obrigatoriedade de homologações de demissões por sindicatos. As demissões serão feitas diretamente entre a empresa e o empregado;

- Retira a obrigação de negociar com sindicatos demissões coletivas;

- Restringe as hipóteses e fixa limites de valores para indenizações por danos morais proferidas pela Justiça do Trabalho;

- Autoriza arbitragens trabalhistas para salários acima de R$ 11,1 mil;

- Acaba com o imposto sindical;

- Autoriza que gestantes e lactantes trabalhem em área insalubre, desde que tenham atestado médico;

- Revoga os 15 minutos de descanso antes das horas extras para as mulheres;

- Cria uma comissão de representantes de empregados para negociar diretamente com a empresa;

- Permite a rescisão de contrato de trabalho de comum acordo, com pagamento de metade da multa e do aviso prévio, sem direito a seguro desemprego.

Fonte:   Assessoria

Balcão de Emprego

Veja +

KODYAK Precisa – se de Auxiliar de Compras. Interessados entregar currículo na Rua Belo Horizonte, 833 – N ou enviar no email eloiza@manojulio.com.br  Tel para contato (65) 3548 1389.

Anunciante: KODYAK

Contato: (65) 3548 1389 /

Atualizado dia 23/11/2017

AMAGGI Precisa – se de Ajudante Copa e Limpeza, Ajudante – Serviços Gerais (Safra), Auxiliar Administrativo (Balança). Interessados enviar currículo no rhlucas@amaggi.com.br ou www.amaggi.com.br no trabalhe conosco.

Anunciante: AMAGGI

Contato: /

Atualizado dia 23/11/2017

BUENO CONTABILIDADE Precisa – se de Auxiliar Administrativo. Interessados entregar currículo na Av Pará,129 – S Alvorada. Em frente a Feira do Produtor.  

Anunciante: BUENO CONTABILIDADE

Contato: /

Atualizado dia 23/11/2017

estou à procura de serviço de emprego em caseiro em chácara interessado só me ligar

Anunciante: Gilberto da rocha leal

Contato: 021992955681 / Gilbertosfmg@gmail.com

Atualizado dia 23/11/2017

Procuramos trabalho como caseiro. Ou pintor para o PAULO Operadora de caixa ou vendedora e recepcionista para PATRÍCIA. ESTAMOS PRECISANDO COM URGÊNCIA.

Anunciante: Patricia e Paulo hirt (casados )

Contato: 65 996364006 e 996648229 / Matrixlanhouse2017@gmail.com

Atualizado dia 23/11/2017